Passo a passo metodológico: Politiquem?

UM 

COMO FAZER QUE O PÚBLICO SE INTERESSE NO PROJETO./CÓMO HACER QUE EL PÚBLICO SE INTERESE POR EL PROYECTO.

  • Uma vez o usuário consultou os perfis dos candidatos ou cruzou alguns dados, como fazer para que o aplicativo continue sendo interessante para que ele continue acessando? Pretendemos procurar uma forma dinâmica de alimentar o aplicativo. Algumas ideias são: permitir que um usuário possa escolher “seguir” um candidato para receber informações quando o perfil dele for atualizado, abrir uma espaço onde os usuários possam recomendar assuntos para checar sobre os políticos, acompanhar e verificar post de redes sociais, elaborar uma linha do tempo das falas dos candidatos sobre algum assunto específico, entre outras. 

 

DOIS 

COLETA DE INFORMAÇÃO/RECOLECCIÓN DE LA INFORMACIÓN.

 

Até agora, existem 2 fontes de coleta de informações/Hasta el momento hay pensadas 2 fuentes de recolección de información

 

AUTOMÁTICO AUTOMÁTICA  

É aquele que é automaticamente extraído com a linguagem de programação do que foi publicado na web de forma pública./Es la que se saca de forma automática con lenguaje de programación de lo que ha sido publicado en la web de forma pública:  

 

Nome, Idade, Reconhecimento de Gênero, Reconhecimento Racial, Data de nascimento, Naturalidade, Partido.Nombre, Edad, Reconocimiento de Género, Reconocimiento Racial, Datos de Nacimiento, Naturalidad, Partido.

 

PERFIL (Dany): Pessoa que tem conhecimento em programação, raspagem, mineração de dados.PERFIL (Dany) : Persona que tiene  conocimiento en programación, scraping, data mining.

 

MANUAL MANUAL

 

Esta é a informação que queremos começar a coletar em relação a candidatos que não são públicos e exigem jornalismo investigativo e verificação de fatos./Esta es la información que queremos empezar a recolectar con respecto a los candidatos que no está de forma pública y requiere periodismo de investigación y fact checking. 

 

1 Histórico partidário/ Historia partidista:

 

  • Mudou de Partido? 
  • Partido anterior a candidatura de 2018
  • Todo o histórico eleitoral

 

2 Bancada ideológica al que pertenece/Bancada ideológica al que pertenece: 

 

3 Processos/Procesos:

  • Está sendo processado

 

4 Evolução Patrimonial/Evolución Patrimonial:

  • Propiedades que tiene en su nombre.

 

TRÊS

SELEÇÃO DAS INFORMAÇÕES COLETADAS/SELECCIÓN DE TODA LA INFORMACIÓN RECOLECTADA

 

Como este projeto é composto pela fusão entre jornalismo investigativo, checagem de fatos e jornalismo de dados, os critérios editoriais terão componentes dessas três correntes/ Ya que este proyecto se compone de la fusión entre periodismo de investigación, fact checking y periodismo de datos, los criterios editoriales tendrán componentes de estas tres corrientes.

 

CRITERIOS EDITORIALES CRITÉRIOS EDITORIAIS

 

Todas as informações carregadas para verificação devem ser revisadas anteriormente pelo editor e devem ter os seguintes critérios/ Toda la información que esté subida a check debe ser previamente revisada por el editor y debe tener los siguientes criterios:

 

  • A informação não deve favorecer aberta ou diretamente qualquer candidato/ La información no debe favorecer abierta o directamente a algún candidato.

 

  • A investigação deve ter fontes oficiais e não oficiais (Ong, etc ..) fundamentada e deve especificar onde as informações foram retiradas, no caso de um excel deve-se ligar a fonte, números de telefone celular /La investigación debe tener fuentes oficiales y no oficiales (Ong, etc..) fundamentadas y debe especificar de dónde se sacó la información, en el caso de que sea un excel debe hipervincular la fuente, números de celular

 

  • Todas as informações que estiverem atualizadas devem ter a rota investigativa bem definida, apoiada e clara, devem estar sujeitas a revisão, se o editor quiser investigar e chegar às mesmas conclusões./ Toda información que se suba debe tener la ruta investigativa bien definida, sustentada y clara, debe ser sujeta a revisión, se el caso en el que el editor quiera indagar y llegue a las mismas conclusiones.

 

  • As informações serão coletadas sem preconceitos políticos, culturais ou religiosos/ La información se recolectará sin sesgos políticos, culturales o religiosos.
  • E o critério mais importante: cada tema ou posicionamento a ser checado precisa verificar informações sobre todos os candidados. 

 

QUATRO

SISTEMATIZAÇÃO/SISTEMATIZACIÓN

 

https://www.youtube.com/watch?v=DxJtF7lyGW4&feature=youtu.be

 

 

 

CINCO

ESTRUTURA DAS ALIANÇAS/ESTRUCTURA DE ALIANZAS

 

Metodologia:

(Será feita edição – Erika ) – Tópicos: 

As 40 organizações participantes da IFCN adotam os cinco princípios abaixo:

 

  • Compromisso com o apartidarismo  e justiça – Checamos afirmações usando o mesmo padrão para cada fato checado. Não concentramos nossa checagem em nenhum lado. Seguimos o mesmo processo para cada fato checado e deixamos que ele guie nossas conclusões. Não defendemos ou adotamos posições sobre formulação de políticas nos fatos que checamos


  • Compromisso com a transparência de fontes – Queremos que nossos leitores sejam capazes de verificar nossas conclusões por si próprios.  Fornecemos informações sobre todas as fontes detalhadas o bastante para que nossos leitores possam replicar nosso trabalho, exceto nos casos em que a segurança pessoal de uma fonte possa ser comprometida. Nesses casos, fornecemos o máximo de detalhes possível


  • Compromisso a transparência no financiamento e organização – Somos transparentes sobre nossas fontes de financiamento. Se aceitarmos o financiamento de outras organizações, garantimos que os financiadores não tenham influência sobre as conclusões a que chegamos em nossos relatórios. Detalhamos os antecedentes profissionais de todas as figuras-chave em nossa organização e explicamos nossa estrutura organizacional e status legal. Indicamos claramente a forma para os leitores se comunicarem conosco


  • Compromisso com a transparência da metodologia ­– Explicamos o método que utilizamos para selecionar, pesquisar, escrever, editar, publicar e corrigir nossas checagens. Encorajamos os leitores a enviar pedidos de checagem e somos transparentes sobre o por quê e como checamos os fatos
  •  
  • Compromisso com correções abertas e honestas – Publicamos nossa política de correções e a seguimos escrupulosamente. Corrigimos nossos erros de forma clara e transparente segundo nossa políti
  •  
  • ca de correções, buscando, tanto quanto possível, garantir que os leitores vejam a versão corrigida

FONTE: https://www.manualdacredibilidade.com.br/detectar 

 

Metodologia LUPA :

A metodologia da Lupa tem oito passos e começa com a observação diária do que é dito por políticos, líderes sociais e celebridades, em jornais, revistas, rádios, programas de TV e na internet. Suas afirmações são a matéria-prima das checagens produzidas pela agência.

Ao selecionar a frase em que pretende trabalhar, a equipe da Lupa adota três critérios de relevância. Dá preferência a afirmações feitas por personalidades de destaque nacional, a assuntos de interesse público (que afetem o maior número de pessoas possível) e/ou que tenham ganhado destaque na imprensa ou na internet recentemente. Preocupa-se com “quem fala”, “o que fala” e “que barulho faz”.

A Lupa não checa opiniões. Não faz previsões de futuro.  Não aponta tendências. Esforça-se para verificar o grau de veracidade de frases que contenham dados históricos, estatísticos, comparações e informações relativas à legalidade/constitucionalidade de um fato.

A agência também busca verificar a qualidade de produtos e serviços, além da veracidade de anúncios publicitários, slogans e imagens. Pretende ser um lugar ao que os brasileiros podem recorrer quando precisam tomar decisões – das mais simples às mais importantes.

Uma vez decidida a frase que será checada, o repórter da Lupafaz um levantamento de “tudo” que já foi publicado sobre o assunto. Consulta jornais, revistas e sites. Depois, se debruça sobre bases de dados oficiais e inicia o processo de garimpo de informações públicas. Na ausência delas ou diante da necessidade de saber mais sobre o assunto a ser checado, o repórter da Lupa recorre às Leis de Acesso à Informação e/ou às assessorias de imprensa. Ainda pode ir a campo, levando consigo os meios tecnológicos que julgar necessários para a apuração: foto, áudio ou vídeo.

Para concluir seu trabalho, o repórter pode recorrer à análise de especialistas para contextualizar o assunto e evitar erros de interpretação de dados. Com tudo isso em mãos, solicita posição oficial daquele que foi checado, dando-lhe tempo e ampla oportunidade para se explicar.

Ao cumprir os oito passos de sua metodologia, a Lupa se certifica de que entrega a seus leitores um texto objetivo, repleto de links que o ajudarão a reconstituir o caminho percorrido pelo checador e a entender suas conclusões.

Por princípio, a Lupa não publica nenhuma informação em off. A agência acredita que é o leitor quem checa o checador.

FONTE: http://piaui.folha.uol.com.br/lupa/2015/10/15/como-fazemos-nossas-checagens/ 

 

Ocho pasos para un buen chequeo: 

1-    Seleccionar una frase del ámbito público

2-    Ponderar su relevancia

3-    Consultar a la fuente original

4- Consultar a la fuente oficial

5-    Consultar a fuentes alternativas

6-    Ubicar en contexto

7-    Confirmar, relativizar o desmentir la afirmación

8-    Calificar

 

Fonte:  http://chequeado.com/metodo/ 

 

SEIS

VISUALIZAÇÃO/VISUALIZACIÓN